Início A Plurimus Blog Parceiros Revista

                Ano IV, Edição VII, janeiro/junho de 2015


A participação da sociedade nas questões de interesse público tem sido quase que completamente delegada aos representantes dos poderes constituídos pela democracia representativa, vigente na maior parte dos países do mundo. Se por um lado a representação é legítima, e mesmo efetiva, enquanto instrumento institucional, por outro, parece não dar conta dos anseios de uma população que não mais se satisfaz apenas com o ritual eleitoral, convocando um papel mais ativo na tomada de decisões importantes. Os que tomaram lugar na Primavera Árabe, os Indignados de España, ou os militantes do
Occuppy Wall Street e das Jornadas de Junho de 2013 no Brasil - entre muitos outros movimentos dos anos recentes em diversas partes do mundo - tiveram como principal reivindicação serem ouvidos por um sistema político que, embora legitimamente eleito, não traduz seus interesses.

Os meios de comunicação e informação, sem dúvida, alargaram a possibilidade de alcance dessas vozes e, a despeito de sua atuação, têm papel de destaque nessa encruzilhada onde o cidadão se vê compelido a tomar parte. Seria o momento de uma reinvenção da democracia no século XXI?

A reflexão que propusemos sobre a participação social recebeu diversas e excelentes contribuições de professores e pesquisadores do Brasil e do exterior, fato que nos possibilitou tratar do tema em duas edições. A primeira, edição VI, foi lançada no segundo semestre de 2014. Agora damos continuidade com a edição VII.

Desta edição participam o Engenheiro de Produção Ricardo Mello, com o tema
Participação para o desenvolvimento local, no qual aborda a emergência do desenvolvimento local participativo como meio de fortalecimento dos territórios e de transformação social diante da crise da democracia representativa e do colapso do modelo identificado como keynesianismo-fordismo.

Em
Democracia e sociedade: notas sobre o contexto de implementação da Política Nacional de Participação Social no Brasil, a Gestora Cultural Simone Amorim propõe o debate sobre a proposta de instituição da Política Nacional de Participação Social, prevista pela Constituição de 1988 e atualmente em implementação no país. Além de descrever o contexto em que a política é proposta, apresenta argumentos que ratificam a ideia de que o aumento da participação social na definição de políticas públicas pode vir a concretizar-se como um avanço democrático em direção à redução das disparidades sociais.

O tema da defesa de uma auditoria cidadã da dívida pública brasileira é retomado por Paulo Roberto dos Santos Lindesay em
A dívida pública e o impacto no desenvolvimento social do Brasil. O argumento central do autor é de que por meio de informações, do debate e da ação política o cidadão pode reverter o atual quadro de dependência do país às instituições financeiras internacionais.

Luís Eduardo Fernandes debate as democracias liberais nas sociedades ocidentais no artigo
Democracia burguesa e participação social. Parte do entendimento de que pelo exercício histórico é possível desvendar o conteúdo social desse regime, bem como suas mutações ao longo do tempo, de modo a entender o atual estágio de financeirização da economia mundial.

Dentro do nosso propósito de apoiar iniciativas de estudantes universitários e de pós-graduação, concluímos a edição com um tema geral. Trata-se do trabalho
A logística de abastecimento e escoamento e a capacidade produtiva do mercado produtor de Juazeiro, dos discentes de Engenharia da Produção André Borges Almeida e Leandro Silva Souza, orientados pelo docente Edson Tetsuo Kogachi, que objetiva identificar os motivos que afetam a logística do mercado produtor de Juazeiro na Bahia.

Plurimus Cultura e Desenvolvimento em Revista é uma publicação
on line independente e decorre do esforço de professores e pesquisadores que se propõem a abrir um espaço alternativo de reflexão e debate acerca de temas que contribuam para um outro olhar da realidade e para a construção de um outro mundo. Nossas edições estão disponíveis gratuitamente mediante cadastro no endereço www.plurimus.com.br. Dela podem participar todos os interessados em se apresentar para esse processo plural. A próxima edição terá como tema central políticas públicas, que será abordado dentro do nosso recorte editorial.

Boa leitura!

Os Editores

Expediente



Conselho Editorial

Celso Evaristo Silva

Fernando da Costa Vieira

Hiran Roedel

Isa Ferreira Martins

Simone Amorim

Editor - Daniel Roedel

Revisão - Daniel Roedel

Produção - Plurimus Educação e Cultura - Rio de Janeiro -
RJ

Contatos: revista@plurimus.com.br - plurimus@plurimus.com.br


ISSN 2238-1953


Os artigos e resenhas publicados são de inteira responsabilidade dos autores

Acesse aqui a revista

Conheça as edições anteriores



Início
A Plurimus
Blog
Parceiros
Revista
Site Map